Inteligência emocional no mundo corporativo

December 16, 2017

Atualmente vivenciamos uma das maiores, se não a maior crise econômica já registrada na história de nosso país, ouvimos diariamente centenas de queixas e pouca produtividade, pouca ação, a inteligência emocional ganha força no mundo corporativo com grande destaque pelas grandes empresas, seja em processo de seleção ou de demissão, afinal você já parou pra pensar o que significa inteligência emocional e se realmente tem?

 

Vamos ao significado... Em meados de 1990 o psicólogo, norte americano Daniel Goleman, iniciou um pesquisa, buscando entender a mente humana, principalmente as mentes que obtinham sucesso, todos nós estamos em busca de algo, seja dinheiro, saúde, sucesso, uma vida feliz, mas são todos que realmente conquistam?

 

O ano é 1995, o psicólogo Daniel Goleman revolucionou e expandiu a forma como nós enxergamos o que é inteligência. Em seu livro “Inteligência Emocional”, ele mostrou como o nível intelectual de uma pessoa não pode ser medido apenas por sua capacidade de completar equações e pensamento racional, conclui dizendo que um individuo com inteligência emocional é aquele que ao se deparar com qual quer situação consegue ponderar suas emoções antes de uma decisão, evitando decisões imediatistas.

 

"Muito mais do que um bom currículo, as empresas procuram por profissionais equilibrados e capazes de lidar com situações difíceis do cotidiano."

 

Muitas vezes, a falta de sensibilidade em se relacionar com os outros, assim como não saber lidar com situações de desconforto, prejudicam a imagem e o desempenho, em momentos como este, que a inteligência emocional no mundo corporativo torna-se quesito importante para que o profissional mantenha o seu bom nível e aprenda a lidar melhor com qualquer obstáculo, se superando e agregando valor para organização.

 

Quando falta a inteligência emocional, o profissional acaba não aplicando a melhor solução, pois as emoções acabam influenciando o raciocínio – e isso pode resultar em prejuízos financeiros e até na perda de alguns profissionais para a empresa.

 

Ao administrar suas emoções você garante a si mesmo e ao seu próximo uma maior produtividade, felicidade e realização própria. Viver de maneira equilibrada é a melhor solução para os problemas.

 

Agir emocionalmente com inteligência traz consigo diversas vantagens no dia-a-dia e no possível sucesso da carreira profissional. Resultando em promoções mais rápidas, resultados efetivos, um bom networking e maior facilidade em aprender coisas novas são apenas algumas das características conquistadas pelos profissionais que desenvolvem essa competência.

 

Quando em harmonia, o profissional enxerga os problemas e objetivos de outro ângulo, e isso faz com que ele torne-se um visionário, afinal, sabe como negociar, desenvolve melhor a sua intuição e escuta mais seus líderes.

Nós da BÊ À BÁ dos negócios, damos todos os créditos e agradecemos imensamente a colaboração do Palestrante revelação e vencedor do prêmio Jovem Destaque de 2017, Thales Delgado, pelo seu incrível texto!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

Expansão de franquias em função da escalabilidade

January 3, 2019

1/1
Please reload

Recent Posts

February 5, 2019

Please reload

Archive